Programação do Fórum Fantástico 2022

Fórum Fantástico 2022

30 de Setembro a 2 de Outubro

Biblioteca Orlando Ribeiro – Lisboa

Sexta-feira, 30 Setembro

15:00 Sessão de Abertura: Fórum Fantástico 2022

Auditório

15:30 Painel: O Fantástico Tradicional na Cultura Portuguesa

Com Pedro Moura, Nuno Matos Valente, Cristina Campos, Luís Filipe Silva

Auditório

16:15 Painel: Investigação Académica no Fantástico

Com Teresa Botelho, Iolanda Ramos, Luís Filipe Silva, Jorge Rosa, Maria do Rosário Monteiro

Auditório

17:00 Conversa: À Descoberta da Literatura Especulativa Ucraniana

Com Kseniya Tomasheva

Auditório

17:30 INTERVALO / Abertura da Exposição

18:00 Conversa: Filipe Faria, 20 anos de Fantasia Épica

Com Filipe Faria

Auditório

18:30 Painel: 100 Anos à Sombra de Nosferatu

Com Rita Santos, João Monteiro, Francisco Rocha, Cláudio André Redondo

Auditório

19:15 Homenagem: Sustos às Sextas, com encenação do conto “A Pousada dos Espectros” de Jean Ray

Com António Monteiro, Maria João Monteiro, Pedro Monteiro Lopes, José Monteiro Henriques

Sábado, 1 de Outubro

10:30 MasterClass de Escrita: Polícia Bom, Polícia Mau

Com Rogério Ribeiro, Luís Filipe Silva, Sandra Henriques, Julie Novakova, Ana Cristina Rodrigues, Isabel Ricardo

Auditório

10:30 Oficina: Da Ficção Especulativa ao Jogo Narrativo*

Com Sérgio Mascarenhas (Publidrama)

Piso 1 da Biblioteca

10:30 Demonstração de Jogos de Tabuleiro e RPG

Piso 0 e Piso 1 da Biblioteca (todo o dia)

14:00 Painel: Quo Vadis, Fantasia Épica?

Com Madalena Santos, Filipe Faria, Sónia Ferreira, Nuno Ferreira, Hélder Martins

Auditório

14:30 Painel: Os Tempos da Pandemia

Com Luís Louro, Ricardo Correia, Pedro Daniel

Piso 2 da Biblioteca

15:00 Lançamento: Garras Gélidas

Com Nuno Ferreira (Ed. Divergência)

Auditório

15:00 Leituras: Sofia Gama e a Profecia do Templário*

Com Isabel Ricardo

Espaço Infanto-Juvenil

15:15 Painel: À Conversa sobre Videojogos

Com Ricardo Correia e João Campos

Piso 2 da Biblioteca

15:30 Painel: Distopia, Disseram Elas

Com Catarina Costa e Maria Roque Martins

Auditório

15:30 Oficina: Desenhar a Naily*

Com Carlos Rafael e Liliana Gaito

Espaço Infanto-Juvenil

16:15 Lançamento: Conversas de Banda Desenhada

Com João Lameiras, Carina Correia, Nuno Saraiva, Osvaldo Medina, Joana Afonso, Paulo Monteiro, Luís Louro, Filipe Melo (Ed. A Seita)

Auditório

16:00 Painel: Ficcionar a Ciência

Com Sérgio Mascarenhas, Julie Novakova, Sérgio Pereira, Rogério Ribeiro

Piso 2 da Biblioteca

16:30 Oficina: Sci-fi Crochet*

Com Ana Carrilho

Espaço Infanto-Juvenil

16:45 Apresentação: O Sacerdote das Trevas, Livro-Jogo

Com Luís Dinis

Piso 2 da Biblioteca

17:15 Gravação ao vivo: Podcast Split Chicken

Com Ricardo Correia e Rui Parreira

Piso 2 da Biblioteca

17:30 Painel: Mundos Virtuais no Mundo Real – Metaverso / NFT / Cripto

Com Rui Grilo, Tiago Fonseca, Gaylord Warner

Auditório

18:15 Conversa: Sob o Murmúrio Reconfortante dos Raios Cósmicos

Com Julie Novakova

Auditório

18:45 Conversa: A Arte no Cartaz

Com Artur Filipe

Auditório

19:00 Painel: A Fantasia nos Intervalos do Real

Com Ana Cristina Rodrigues, Mário Seabra Coelho, Sandra Henriques

Auditório

20:30 Jantar dos Velhos do Califa*

Domingo, 2 de Outubro

14:30 Quiz: Fantasia*

Com Agentes do D.R.A.M.A.

Espaço Infanto-Juvenil

14:30 Demonstração de Jogos de Tabuleiro e RPG

Piso 0 e Piso 1 da Biblioteca (toda a tarde)

15:00 Oficina de colagem*

Com Tânia Andreia

Piso 1 da Biblioteca

15:15 Lançamento: Pela Cabeça do Rei

Com Nuno Almeida (Ed. Divergência)

Auditório

15:15 Painel: Edição e Tradução

Com Pedro Cipriano, Ana Cristina Rodrigues, Julie Novakova, Iolanda Ramos, Luís Filipe Silva

Piso 2 da Biblioteca

15:45 Painel: Fantástico Teatro Fantástico  

Com Paulo Morgado, Patrícia Pereira Paixão, Rui Neto

Auditório

16:30 Exibição de Curtas

“Frack You”, de Leonardo Silva e Patrícia Paixão

“O Coração Revelador”, de São José Correia

Auditório

17:00 Oficina de ilustração*

Com Angie Antunes

Espaço Infanto-Juvenil

16:30 Apresentação: Para um modelo de transmediação em Portugal (Marco Filipe Fraga)

16:45 Apresentação: NOISES – Pré-produção de animação em RV (Diana David)

17:00 Apresentação: Foram os ETs? Arqueologia do Cosplay (Leo Pinela)

17:15 Apresentação: Uma Viagem pelos Mapas de Mundos Fantásticos (Rui Mateus)

Piso 2 da biblioteca

17:15 Painel: Associação Tentáculo

Com Fil, Marco Fraga Silva, Sérgio Santos, Carlos Silva

Auditório

17:30 Palestra: Fantasias de Imortalidade – As Muitas Faces do Imaginário Transhumanista na Ficção de Cory Doctorow

Com Teresa Botelho

Piso 2 da Biblioteca

18:00 Entrega dos Prémios Adamastor, Prémio António de Macedo e Prémio Ataegina

Com Fórum Fantástico, Trëma, Divergência e Imaginauta

Auditório

18:15 Painel: Rotas da Nova Vaga de Terror Nacional

Com Pedro Lucas Martins, Samir Karimo, Carolina Sousa, Mafalda Santos

AVISO

Este programa está sujeito a alterações. Última actualização: 25 de Setembro de 2022.

OFICINAS E QUIZ

* Necessitam de inscrição. Dirigir email com nome, sessões desejadas e número de participantes conforme instruções aqui na secção workshops, ou enviar email para forumfantastico (arroba) gmail.com.

EXPOSIÇÃO

Ilustração inspirada nas obras de Filipe Faria, por Samuel Santos, Eliseu Gouveia, Pedro Potier, Manuel Morgado

Sala de Exposições, Piso 0 da Biblioteca

FEIRA DO FANTÁSTICO

Bancas da Convergência, Dr Kartoon, Legendary Books, Gil Bentes, Liliana Gaito e Carlos Rafael, Pedro N’Art, Ana Varela.

BAR

Entrada do Auditório

O FF2022 é organizado pela Épica, com o apoio da Junta de Freguesia do Lumiar e da BLX – Bibliotecas Municipais de Lisboa. Organização: Rogério Ribeiro, João Morales, Miguel Jorge, Tiago Rosado, Ana Carrilho, João Campos. Cartaz com ilustração de Artur Filipe e design de Pedro Daniel.

Regulamento dos Prémios Adamastor 2022

Prémios Adamastor do Fantástico

Os Prémios Adamastor do Fantástico são organizados pelo Colectivo Trëma, pretendendo evidenciar anualmente a produção nacional no género Fantástico, em vários formatos. O processo de nomeação é aberto a todos os interessados, e a votação final e atribuição dos Prémios será feita durante o evento Fórum Fantástico.

Os Prémios Adamastor do Fantástico são organizados com as seguintes categorias:
– Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa;
– Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira;
– Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto;
– Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada;
– Distinção Personalidade Fantástica.

– Os Prémios Adamastor são atribuídos por nomeação e voto universal. Constitui excepção a distinção atribuída de Personalidade Fantástica, da responsabilidade da própria organização dos Prémios.

– A componente nacional dos prémios pretende distinguir obras originais em português, publicadas em Portugal, de criadores de nacionalidade portuguesa, ou estrangeiros a residir em Portugal. No caso de obras literárias em prosa de autores de nacionalidades diversas, é considerada a nacionalidade dos diferentes autores. No caso de obras de banda desenhada, é considerada a nacionalidade do(s) argumentista(s) e/ou desenhador(es). No caso de obras digitais, publicadas em plataformas internacionais, é considerada a nacionalidade do(s) autor(es).

– As obras a considerar em cada categoria serão alvo de nomeação pública, através de um formulário online (para a edição 2022: https://forms.gle/MM4dYRf7G1QpmeUz5). Cada votante poderá nomear até seis (6) obras em cada categoria, tendo que indicar um endereço de email válido, apenas para efeitos de controlo de votação (o que pressupõe apenas um formulário preenchido por pessoa). Os endereços fornecidos serão utilizados apenas para comunicações relacionadas com os Prémios Adamastor, e não serão fornecidos a entidades terceiras. A lista de endereços será destruída após a entrega dos Prémios.

– À organização caberá a tarefa de verificar a elegibilidade de cada obra mencionada, e a produção da lista final de nomeados (os cinco mais mencionados por categoria), a anunciar até dia 29 de Setembro de 2022. Um conjunto de obras elegíveis pode ser encontrada no link: https://forumfantastico.wordpress.com/2022/09/06/algumas-obras-nomeaveis-para-os-premios-adamastor-2022/ , não pretendendo no entanto ser exaustiva de todas as obras elegíveis, mas apenas indicativa.

– A elegibilidade das obras será determinada pela data de publicação e o intervalo posterior de um (1) ano (de Junho do ano anterior à premiação a Maio do ano referente ao Prémio) ou dois (2) anos, contados de forma correspondente. As categorias de Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa e Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada, terão uma elegibilidade de dois (2) anos, tendo em conta o carácter esporádico das publicações nacionais nesta área. O Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira e o Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto têm um período de elegibilidade de um ano.

– As categorias com a denominação “Literatura” correspondem às obras literárias de formato longo, o que inclui romances (obras literárias com mais de 30.000 palavras), romances em mosaico e colectâneas ou antologias que possam ser reconhecidas como um volume coeso, com uma narrativa comum ao longo da sua extensão. Cabe à organização a decisão final quanto aos casos de elegibilidade dúbia para estas categorias. O Prémio de Banda Desenhada destina-se também a obras em formato longo, sendo considerados álbuns ou conjuntos de publicações realizadas no mesmo ano e que correspondam a uma série completa.

– Por “Ficção em Conto” entende-se uma obra literária com menos de 30.000 palavras (incluindo o que tradicionalmente é enquadrado tanto no conto, como na novela e noveleta).

– No caso especifico de antologias que sejam elegíveis como obras de formato longo, esse facto não impede que os contos seus constituintes sejam elegíveis para a categoria de formato de conto (no período correspondente à elegibilidade da categoria para contos).

– Por “Ficção Estrangeira” entende-se todas as obras de autores estrangeiros, não elegíveis na categoria nacional, publicados em Portugal, independentemente de terem necessitado ou não de tradução/adaptação para português.

– A distinção Personalidade Fantástica será da responsabilidade da organização dos Prémios Adamastor. A escolha deverá ser devidamente fundamentada, aquando do seu anúncio. Pretende distinguir individualidades que pelo seu percurso se tenham distinguido como particularmente dinâmicas na criação e/ou promoção do género fantástico.

– Para os Prémios, serão elegíveis obras publicadas por editoras tradicionais e edições de autor, em formato papel ou electrónico. Não serão elegíveis obras de editoras que derivem os seus lucros directamente do autor (vulgo “vanity presses”) sem uma correspondente prestação de apoio editorial. As obras produzidas por colectivos de autores serão consideradas como edições de autor. Aqui prevalecerá o entendimento da organização dos Prémios.

– No processo de votação final, em urna, durante o Fórum Fantástico, podem ser indicadas até 3 obras por cada votante, por ordem de pontuação (1, 3 e 5 pontos). Em caso de empate pontual, será vencedora a que tiver obtido maior número de indicações para 5 pontos.

– A organização deverá pugnar por divulgar os possíveis nomeados, abrindo pelo menos um fórum de discussão para o efeito nas redes sociais.

– Até que a organização possa assegurar uma premiação de carácter financeiro, esta tomará a forma de um troféu e diploma. Fica igualmente autorizada a associação da premiação à obra com fins publicitários, desde que tal publicidade seja restrita ao espírito da premiação.

– O Colectivo Trëma reserva-se o direito de introduzir alterações no presente regulamento, entre edições, nomeadamente na criação ou eliminação de categorias.

Algumas obras nomeáveis para os Prémios Adamastor 2022

A seguinte lista pretende ser indicativa das possibilidades de nomeação, assumindo não se tratar de uma lista exaustiva e/ou exclusiva:

Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa
A Fantástica Maldição Gutkin – Michel Alex
A Oitava Era – Filipe Faria
A Princesa Desencantada – Irina Sopas
Alice e os Abutres – Beatriz Pacheco Pereira
Conta-me, Escuridão – Mafalda Santos
Crónicas de Ramirez – Maria Roque Martins
Embaixada – Nuno Ferreira
Enygma Oeiras – Michel Alex
Futuro – Lívia Borges
Hífen – Patrícia Portela
Hopepunk – Farol de Esperança – vários
Insight – Bruno Martins Soares
Kanakan – Francisco Ramalheira
Laura e o Rei das Sombras – Bruno Martins Soares
Missão D4017 – Pedro Beckett
Montanha distante – António Ladeira
Na imensidão do Universo – vários
O Deus das Moscas tem fome – Luís Corte-Real
O ressurgir dos eternos titãs – RC Vicente
O Terceiro Chega em Maio – António de Macedo
Os Firôpe – Franscisco Ramalheira
Os Medos da Cidade – vários
Regiana Magna – vários
Rua Bruxedo – vários
Sangue Novo – vários
Sombra de um Peregrino – Rafael Loureiro
Um Mundo às Escuras – Maria Roque Martins
Wagon Village – Michel Alex
Zalatune – Nuno Gomes Garcia

Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto
A Costura do Vidro – AM Catarino
A Fábrica das Inocências – André Moreira
A Festa de Yaksha – Mafalda Santos
A Mais Bela Profissão – Sandra Amado
A Memória da Pedra Trabalhada – AMP Rodriguez
A Ninfa e os Azulejos – Ana C Reis
A Torre no Mar – Gonçalo Diniz
A Tradição – Francisco Horta
Ágape – Carlos Aleluia
Amor – Patrícia Sá
Às que no Tejo se Avistam – Pedro Coelho
Asas, Furacão – Nuno R
Bom Trabalho – José Maria Covas
Caim e Abel – Mafalda Santos
Chamamento Ancestral – Isabel Vila Pery
Conta Comigo – Martina Mendes
Da Máquina Humana – Pedro Lucas Martins
Epidermia – Luis Filipe Silva
Espaço Negro – Jorge Borbinha
Esperança em Tempos de Guerra – Lívia Santos
Fertilidade – Liliana Duarte Pereira
Fim do Mundo – João Pedro Oliveira
Finanças Cósmicas – AMP Rodriguez
Fragmento Celeste – Catarina Pinto
Frinxila – Sérgio Santos
Godigana – Maria Varanda
Grim Death – Eduardo Fernandes
História Não Autorizada da Linha de Torres – Ângelo Teodoro
Labirinto – Paulo A. M. Oliveira
Laura e os cães – Mafalda Santos
Lisboa Sumida – Pedro Santos
Missão de Salvamento – Susana Geadas
Missão Nova Vivo – Isabel Nobre e Guilherme Correia
Muda-se o Ser – João Cerqueira
Natalloween – Nuno Amaral Jorge
O Comandante Duplicado – Rui Bastos
O Devorador de Sonhos – Marta Nazaré
O Emissário – João Rogaciano
O Lamúrio – Patrícia Lírio
O Mal por Detrás da Montanha – Mafalda Santos
O Manicómio das Mães – Liliana Duarte Pereira
O Mundo de Christina – Mafalda Santos
O ópio do Povo – Nuno Ferreira
O Palco Vazio – Susana Silva
O Último Carrasco de Lisboa – AM Catarino
O Último Voo de Artemis – João Nobre
Os Ossos que Esperam – Pedro Lucas Martins
Pelas Ondas do Impiedoso Siroco – José Francisco
Pestinhas – Cláudio André Redondo
Praga – Sandra Henriques
Ritos – Vanessa Barroca dos Reis
Sintra com Nevoeiro – Maria Alice de la Fuente
Sonhei com uma Linha Vermelha – Madalena Feliciano Santos
Tarde de Verão – Ricardo Alfaia
Tellus – Uma História de Liberdade – Sara Athouguia
Três Segredos – Simão Cortês
Triptico – Mafalda Santos
Vida eterna – Mafalda Santos

Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada
A little girl – André Caetano
Amélia – Uma História do Congo – Duarte Gandum e Henrique Gandum
Apocryphus: Monstro
Crónicas de Enerelis #2 – Patrícia Costa
Crónicas de Enerelis #3 – Patrícia Costa
Dante – Luis Louro
Ditirambos #3
Ekko – Agonia Sampaio
H-Alt #11
Lenda de Adora – Tiago da Silva
Macho-alfa 1 – Filipe Pina e Osvaldo Medina
O Corvo: Inimigos íntimos – Luís Louro
O Homem de Lugar Nenhum – Tiago Barros e Fábio Veras
O Mistério de Cepheus – Liliana Gaito e Carlos Rafael
O Pescador de Memórias – Miguel Peres e Majory Yokomizo
Planeta Satélite #3 – Ricardo Baptista
Raptor – Milton Aguiar
Umbigo do Mundo 1 – Carlos Silva e Penim Loureiro
Umbra #3

Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira
A fábrica do absoluto – Karel Capek
A faca que nos une – Patrick Ness
A Rainha do Nada – Holly Black
A Rainha suprema – Marion Zimmer Bradley
A Senhora da Magia – Marion Zimmer Bradley
A Sombra alastra – Robert Jordan
A Vida Invisível de Addie Larue – V. E. Schwab
Abaixo de Zero – David Koepp
Chaos Walking: A Faca que nos Une – Patrick Ness
Corte de espinhos e Rosas – Sarah J Maas
Desejo – Tracy Wolff
Dormir num mar de estrelas – christopher Paolini
Herdeira do fogo – Sarah J Maas
Involução – Max Brooks
O Acordo da Rainha – Anne Bishop
O Fim dos Homens – Christina Sweeney-Baird
O Juramento do Dragão – Sherrilyn Kenyon
O Rei Veado – Marion Zimmer Bradley
Os Funcionários – Olga Ravn
Os seis de Atlas – Olivie Blake
Ready Player Two – Ernest Cline
Viúva de Ferro – Xiran Jay Zhao

Regulamento dos Prémios Adamastor 2021

Prémios Adamastor do Fantástico

Os Prémios Adamastor do Fantástico são organizados pelo Colectivo Trëma, pretendendo evidenciar anualmente a produção nacional no género Fantástico, em vários formatos. O processo de nomeação é aberto a todos os interessados, e a votação final e atribuição dos Prémios será feita durante o evento Fórum Fantástico.

Os Prémios Adamastor do Fantástico são organizados com as seguintes categorias:
– Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa;
– Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira;
– Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto;
– Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada;
– Distinção Personalidade Fantástica.

– Os Prémios Adamastor são atribuídos por nomeação e voto universal. Constitui excepção a distinção atribuída de Personalidade Fantástica, da responsabilidade da própria organização dos Prémios.

– A componente nacional dos prémios pretende distinguir obras originais em português, publicadas em Portugal, de criadores de nacionalidade portuguesa, ou estrangeiros a residir em Portugal. No caso de obras literárias em prosa de autores de nacionalidades diversas, é considerada a nacionalidade dos diferentes autores. No caso de obras de banda desenhada, é considerada a nacionalidade do(s) argumentista(s) e/ou desenhador(es). No caso de obras digitais, publicadas em plataformas internacionais, é considerada a nacionalidade do(s) autor(es).

– As obras a considerar em cada categoria serão alvo de nomeação pública, através de um formulário online (para a edição 2021: https://forms.gle/MM4dYRf7G1QpmeUz5). Cada votante poderá nomear até seis (6) obras em cada categoria, tendo que indicar um endereço de email válido, apenas para efeitos de controlo de votação (o que pressupõe apenas um formulário preenchido por pessoa). Os endereços fornecidos serão utilizados apenas para comunicações relacionadas com os Prémios Adamastor, e não serão fornecidos a entidades terceiras. A lista de endereços será destruída após a entrega dos Prémios.

– À organização caberá a tarefa de verificar a elegibilidade de cada obra mencionada, e a produção da lista final de nomeados (os cinco mais mencionados por categoria), a anunciar até dia 5 de Outubro de 2021.

– A elegibilidade das obras será determinada pela data de publicação e o intervalo posterior de um (1) ano (de Junho do ano anterior à premiação a Maio do ano referente ao Prémio) ou dois (2) anos, contados de forma correspondente. As categorias de Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa e Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada, terão uma elegibilidade de dois (2) anos, tendo em conta o carácter esporádico das publicações nacionais nesta área. O Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira e o Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto têm um período de elegibilidade de um ano.

– As categorias com a denominação “Literatura” correspondem às obras literárias de formato longo, o que inclui romances (obras literárias com mais de 30.000 palavras), romances em mosaico e colectâneas ou antologias que possam ser reconhecidas como um volume coeso, com uma narrativa comum ao longo da sua extensão. Cabe à organização a decisão final quanto aos casos de elegibilidade dúbia para estas categorias. O Prémio de Banda Desenhada destina-se também a obras em formato longo, sendo considerados álbuns ou conjuntos de publicações realizadas no mesmo ano e que correspondam a uma série completa.

– Por “Ficção em Conto” entende-se uma obra literária com menos de 30.000 palavras (incluindo o que tradicionalmente é enquadrado tanto no conto, como na novela e noveleta).

– No caso especifico de antologias que sejam elegíveis como obras de formato longo, esse facto não impede que os contos seus constituintes sejam elegíveis para a categoria de formato de conto (no período correspondente à elegibilidade da categoria para contos).

– Por “Ficção Estrangeira” entende-se todas as obras de autores estrangeiros, não elegíveis na categoria nacional, publicados em Portugal, independentemente de terem necessitado ou não de tradução/adaptação para português.

– A distinção Personalidade Fantástica será da responsabilidade da organização dos Prémios Adamastor. A escolha deverá ser devidamente fundamentada, aquando do seu anúncio. Pretende distinguir individualidades que pelo seu percurso se tenham distinguido como particularmente dinâmicas na criação e/ou promoção do género fantástico.

– Para os Prémios, serão elegíveis obras publicadas por editoras tradicionais e edições de autor, em formato papel ou electrónico. Não serão elegíveis obras de editoras que derivem os seus lucros directamente do autor (vulgo “vanity presses”) sem uma correspondente prestação de apoio editorial. As obras produzidas por colectivos de autores serão consideradas como edições de autor. Aqui prevalecerá o entendimento da organização dos Prémios.

– No processo de votação final, em urna, durante o Fórum Fantástico, podem ser indicadas até 3 obras por cada votante, por ordem de pontuação (1, 3 e 5 pontos). Em caso de empate pontual, será vencedora a que tiver obtido maior número de indicações para 5 pontos.

– A organização deverá pugnar por divulgar os possíveis nomeados, abrindo pelo menos um fórum de discussão para o efeito nas redes sociais.

– Até que a organização possa assegurar uma premiação de carácter financeiro, esta tomará a forma de um troféu e diploma. Fica igualmente autorizada a associação da premiação à obra com fins publicitários, desde que tal publicidade seja restrita ao espírito da premiação.

– O Colectivo Trëma reserva-se o direito de introduzir alterações no presente regulamento, entre edições, nomeadamente na criação ou eliminação de categorias.

Programação do Fórum Fantástico 2021

Fórum Fantástico 2021

8 a 10 de Outubro

 Biblioteca Orlando Ribeiro – Telheiras

Sexta-feira, 8 Outubro

15:00 Sessão de Abertura – Fórum Fantástico 2021

Local: Auditório

15:30 Vamos Apanhar o Comboio
Com Maria José Teixeira, Luís Filipe Silva e Iolanda Ramos

Local: Auditório

16:30 BangCast – Gravação ao Vivo
Com Luis Corte-Real, Bruno Martins Soares e Luís Filipe Silva. Convidados: Safaa Dib, Nuno Fonseca e Rogério Ribeiro

Local: Auditório

17:00 Intervalo

17:30 Cli-Fi – Os Amanhãs concebidos pela Ficção Climática
Com Teresa Botelho, Pedro Cipriano, Penim Loureiro e Rui Mateus

Local: Auditório

18:30) Ray Bradbury (1920-2012), Frank Herbert (1920-1986), Isaac Asimov (1920-1992) – Três centenários adiados
Com Nuno Rogeiro

Local: Auditório

Sábado, 9 Outubro

10:30 Documentário “40 Anos de Fantasporto”, de Isabel Pina
Exibição, com a presença da realizadora e da Diretora do Fantasporto Beatriz Pacheco Pereira

Local: Auditório

11:00 Sessões de Jogos Narrativos

Ludodrama, Gesta e Mausritter

Sessões às 11:00, 14:00 e 16:30.

14:00 À Conversa sobre Videojogos
Com Ricardo Correia e João Campos

Local: Auditório

14:00 As Sete Vidas de um Romance
Com Raquel Vicente, Francisco Ramalheira e Frederico Duarte
Local: Espaço Juvenil

14:45 Na Pandemia também se publicou…
Com Diana Pinguicha, Carlos Silva e Mónica Cunha
Local: Espaço Juvenil

15:00 Do Romance para as Pranchas – Adaptações em BD
Com Safaa Dib, João Miguel Lameiras, José Pedro Castello-Branco e Renée Nault (em vídeo)

Local: Auditório

15:30 LançamentoEmbaixada”
Com Nuno Ferreira

Local: Espaço Juvenil

16:00 Lançamento “Alice e os Abutres”

Com Beatriz Pacheco Pereira

Local: Auditório

16:00 Apresentação “Manual de Cosplay”
Com Leonor Grácias
Local: Espaço Juvenil

16:30 Lançamento “Farol de Esperança – Antologia Hopepunk”

Com A.M Catarino, Catarina Pinto, Eduardo Fernandes, Lívia Santos e Sérgio Santos

Local: Auditório

16:30 Apresentação “Ditirambos: Abismo”

Com vários autores

Local: Espaço Juvenil

17:00 Intervalo

17:30 Programa a tua Nave Espacial (no telemóvel)

Workshop com Artur Coelho. Limite 5 participantes 8-12 anos. Inscrição obrigatória, aqui.

Local: Espaço Juvenil

17:30 No Centenário de Stanislaw Lem
Com Katarzyna Słoniewicz (Embaixada da Polónia), Iolanda Tavares, Margarida Cardoso, Pedro Reis e Rui Tavares (por vídeo)

Local: Auditório

18:00 Apresentação “Cidades do Sol – Em Busca de Utopias nas Grandes Metrópoles da Ásia”
Com Paulo Moura

Local: Auditório

18:30 Lançamento “Lenda de Adora”
Com Tiago da Silva
Local: Auditório

19:00 Lançamento “Apocryphus: Monstro”
Com Miguel Jorge, entre outros autores

Local: Auditório

Domingo, 10 Outubro

14:30 Oficinas de Jogos Narrativos

Com Sérgio Mascarenhas e Luís Costa

(sessões repetidas até às 16:30)

Local: Piso 0 e Piso 1, Edifício da Biblioteca

14:30 As Escolhas do Ano
Com Artur Coelho, Cristina Alves e Rogério Ribeiro

Local: Auditório

15:00 A História do Cosplay
Com Leonor Grácias. Iniciativa da Associação de Cosplay.
Local: Espaço Juvenil

15:30 Apresentação “H-Alt #10, antologia BD de ficção especulativa”
Com Sérgio Santos e Marco Fraga Silva

Local: Auditório

16:00 Lançamento “Um Mundo às Escuras (Prémio Macedo 2020)
Com Maria Roque Martins

Local: Auditório

16:30 Jogos Narrativos e o Fantástico
Com Sérgio Mascarenhas, André Nóvoa e Luis Costa
Local: Espaço Juvenil

16:30 Lançamento “Crónicas de Ramirez”
Com Luís Silva
Local: Auditório

17:00 Intervalo

17:30 Novidades de BD
Com Luís Louro, Henrique Gandum, Duarte Gandum, Patricia Costa

Local: Auditório

18:30 Entrega dos Prémios Adamastor, Prémio António de Macedo e Prémio Ataegina

Organização: Trëma/Fórum Fantástico, Editorial Divergência e Imaginauta

Local: Auditório

19:00 Nos 700 anos da morte de Dante
Com David Soares, Alessandro Barbero (vídeo) e Eurico Coelho (vídeo)

Local: Auditório

Exposição:

O Umbigo do Mundo, de Penim Loureiro e Carlos Silva (Ed. Seita)

Local: Sala de Exposições, Piso 0, Edifício da Biblioteca

Feira do Fantástico:

Bancas da Convergência, Dr Kartoon, Apocryphus e Associação de Cosplay

Alerta COVID-19:

O Fórum Fantástico respeita as indicações gerais das autoridades competentes, assim como as indicações específicas de utilização dos espaços da Biblioteca Orlando Ribeiro e Auditório. Presentemente, todos os espaços estão sob lotação limitada, regras de circulação e obrigatoriedade de utilização de máscara e de observação dos protocolos de higienização e distanciamento social.

Devido à limitação actual de lugares, é aconselhável a inscrição prévia em todas as actividades, através do contacto: forumfantastico@gmail.com

O FF2021 é organizado pela Épica, com o apoio da Junta de Freguesia do Lumiar e da BLX – Bibliotecas Municipais de Lisboa. Programadores: Rogério Ribeiro e João Morales. Apoio: Miguel Jorge, Sérgio Mascarenhas, Alexandra Rolo, Pedro Daniel. Moderadores: Rogério Ribeiro, João Morales, Teresa Botelho, João Miguel Lameiras. Cartazes de Tiago da Silva.

REGULAMENTO DOS PRÉMIOS ADAMASTOR 2020

Prémios Adamastor do Fantástico

Os Prémios Adamastor do Fantástico são organizados pelo Colectivo Trëma, pretendendo evidenciar anualmente a produção nacional no género Fantástico, em vários formatos. O processo de nomeação é aberto a todos os interessados, e a votação final e atribuição dos Prémios será feita durante o evento Fórum Fantástico.

 

Os Prémios Adamastor do Fantástico são organizados com as seguintes categorias:

 

– Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa;

 

– Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira;

 

– Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto;

 

– Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada;

 

– Distinção Personalidade Fantástica.

 

 

– Os Prémios Adamastor são atribuídos por nomeação e voto universal. Constitui excepção a distinção atribuída de Personalidade Fantástica, da responsabilidade da própria organização dos Prémios.

 

– A componente nacional dos prémios pretende distinguir obras originais em português, publicadas em Portugal, de criadores de nacionalidade portuguesa, ou estrangeiros a residir em Portugal. No caso de obras literárias em prosa de autores de nacionalidades diversas, é considerada a nacionalidade dos diferentes autores. No caso de obras de banda desenhada, é considerada a nacionalidade do(s) argumentista(s) e/ou desenhadore(s). No caso de obras digitais, publicadas em plataformas internacionais, é considerada a nacionalidade do(s) autor(es).

 

– As obras a considerar em cada categoria serão alvo de nomeação pública, através de um formulário online (para a edição 2020: https://docs.google.com/forms/d/19Q49d8JTDGKwj1pQLjAmlgM2ZZVUBPi0PqsGD10O7ho). Cada votante poderá nomear seis (6) obras em cada categoria, tendo que indicar um endereço de email válido, apenas para efeitos de controlo de votação (o que pressupõe apenas um formulário preenchido por pessoa). Os endereços fornecidos serão utilizados apenas para comunicações relacionadas com os Prémios Adamastor, e não serão fornecidos a entidades terceiras. A lista de endereços será destruída após a entrega dos Prémios.

 

– À organização caberá a tarefa de verificar a elegibilidade de cada obra mencionada, e a produção da lista final de nomeados (os seis mais mencionados por categoria), a anunciar até ao final do mês de Julho de 2020.

 

– A elegibilidade das obras será determinada pela data de publicação e o intervalo posterior de um (1) ano (de Setembro do ano anterior à premiação a Maio do ano referente ao Prémio) ou dois (2) anos, contados de forma correspondente. As categorias de Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa tem a elegibilidade de dois (2) anos, tendo em conta o carácter esporádico das publicações nacionais nesta área. O Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada, Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira e o Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto têm um período de elegibilidade de um (1) ano.

 

– As categorias com a denominação “Literatura” correspondem às obras literárias de formato longo, o que inclui romances (obras literárias com mais de 30.000 palavras), romances em mosaico e colectâneas ou antologias que possam ser reconhecidas como um volume coeso, com uma narrativa comum ao longo da sua extensão. Cabe à organização a decisão final quanto aos casos de elegibilidade dúbia para estas categorias. O Prémio de Banda Desenhada destina-se também a obras em formato longo, sendo considerados álbuns ou conjuntos de publicações realizadas no mesmo ano e que correspondam a uma série completa.

 

– Por “Ficção em Conto” entende-se uma obra literária com menos de 30.000 palavras (incluindo o que tradicionalmente é enquadrado tanto no conto, como na novela e noveleta).

 

– No caso especifico de antologias que sejam elegíveis como obras de formato longo, esse facto não impede que os contos seus constituintes sejam elegíveis para a categoria de formato de conto (no período correspondente à elegibilidade da categoria para contos).

 

– Por “Ficção Estrangeira” entende-se todas as obras de autores estrangeiros, não elegíveis na categoria nacional, publicados em Portugal, independentemente de terem necessitado ou não de tradução/adaptação para português.

 

– A distinção Personalidade Fantástica será da responsabilidade da organização dos Prémios Adamastor. A escolha deverá ser devidamente fundamentada, aquando do seu anúncio. Pretende distinguir individualidades que pelo seu percurso se tenham distinguido como particularmente dinâmicas na criação e/ou promoção do género fantástico.

 

– Para os Prémios, serão elegíveis obras publicadas por editoras tradicionais e edições de autor, em formato papel ou electrónico. Não serão elegíveis obras de editoras que derivem os seus lucros directamente do autor (vulgo “vanity presses”) sem uma correspondente prestação de apoio editorial. As obras produzidas por colectivos de autores serão consideradas como edições de autor. Aqui prevalecerá o entendimento da organização dos Prémios.

 

– No processo de votação final, em urna, durante o Fórum Fantástico, podem ser indicadas até 3 obras por cada votante, por ordem de pontuação (1, 3 e 5 pontos). Em caso de empate pontual, será vencedora a que tiver obtido maior número de indicações para 5 pontos.

 

– A organização deverá pugnar por divulgar os possíveis nomeados, abrindo pelo menos um fórum de discussão para o efeito nas redes sociais.

 

– Até que a organização possa assegurar uma premiação de carácter financeiro, esta tomará a forma de um troféu e diploma. Fica igualmente autorizada a associação da premiação à obra com fins publicitários, desde que tal publicidade seja restrita ao espírito da premiação.
– O Colectivo Trëma reserva-se o direito de introduzir alterações no presente regulamento, entre edições, nomeadamente na criação ou eliminação de categorias.

Programação do Fórum Fantástico 2019

FF2019_4Logos_Lowres_V01

Fórum Fantástico 2019

11, 12 e 13 de Outubro

Biblioteca Municipal de Telheiras – Lisboa

 

Sexta-feira, 11 de Outubro

14:30 – Actividade do CAF – Centro de Artes e Formação Lumiar
Com coordenação de Sónia Brás
(Entrada do evento)
15:00 – Inauguração do Fórum Fantástico 2019
Com Rogério Ribeiro, João Morales, JF, BLX
(Auditório)
15:30 – Lançamento da nova edição de Caçador de Brinquedos (Ed. Divergência)
Com João Barreiros, Pedro Cipriano, Luís Lopes
(Auditório)
16:00 – O Gorila Sentado que lê Banda Desenhada
Com Daniel da Silva Lopes, André Mateus, Francisco Ferreira. Inclui o lançamento de “Beep Boop: Monster Hunters” (de Daniel da Silva Lopes)
(Auditório)
16:45 – Manuel de Lima e Mário-Henrique Leiria – Escritores aventureiros
Com Hugo Xavier (E-primatur), Vladimir Nunes (Ponto de Fuga)
(Auditório)
17:30 – Livro B – Uma colecção de culto que regressa
Com Hugo Xavier
(Auditório)
18:00 – INTERVALO
Sessão de autógrafos
18:30 – Inauguração Exposição Filhos do Rato (Apoio ComicHeart)
(Sala de Exposições da BOR)
19:00 – Conversa com os Filhos do Rato
Com Fábio Veras e Luís Zhang
(Auditório)
19:30 – Tendências da Ficção Científica Mundial
Com Rogério Ribeiro, Pedro Cipriano, Cristina Alves, Ian Watson, Cristina Macía
(Auditório)

 

Sábado, 12 de Outubro

10:30 – Sessão de Curtas-Metragens (1)
Mysteries of the Wild (de Rui Veiga, Produção Droid Id),
Sleepwalk (de Filipe Melo, Produção Força de Produção),
Longe do Éden (de Carlos Amaral, Produção Fundação Cidade de Guimarães)
(Auditório)
11:15 – Zone Komics
Com Diogo Mané, Filipa Bento e Francisco Capelo. Inclui os lançamentos de “Warper” (de Diogo Mané) e “Banda Desenhada para Depressivos e Outros Pensadores” (de Francisco Capelo).
(Auditório)
11:45 – Apresentação Ditirambos
Com Ricardo Baptista, Nuno Filipe Cancelinha, Diogo Carvalho, Raquel Costa e Sofia Neto
(Auditório)
12:15 – A Edição no Feminino
Cristina Macía, Safaa Dib, Madalena dos Santos
(Auditório)
14:30 – Masterclass “Posters Alternativos – do fan art para os cinemas”
Por Edgar Ascensão (Posters Caseiros)
(Sala Juvenil)
14:30 – Lançamento da Antologia Queer (Imaginauta)
Carlos Silva, Tomás Agostinho, Marta Fonseca, Joana Eça de Queiroz, A. M. Catarino, Pedro Carreira
(Auditório)
15:00 – Histórias Contadas e Desenhadas
Igor Sampaio Trabuco (Embaixada do Brasil), José Freitas (GFloy), Roberto Moreno (Mar de Aral), José de Matos-Cruz (Aurora Boreal), Luís Louro (Watchers e Sentinel)
(Auditório)
15:30 – Workshop “BFD – Banda Filarmónica Desenhada”
Por Terminal Studios / Phermad
(Sala Juvenil)
15:45 – O Futuro da Ficção
Com António-Pedro Vasconcelos
(Auditório)
16:15 – Ian Watson: Da Tragédia Humana à Inteligência Artificial
Rogério Ribeiro à conversa com Ian Watson
(Auditório)
16:45 – INTERVALO
Autógrafos
17:00 – Workshop “Impressão 3D para figuras de tabuleiro”
Por Artur Coelho
(Sala Juvenil)
17:15 – Religião, FC e Fantástico (nos 20 anos de Matrix)
Com Jorge Martins Rosa (FCSH), Filipe Avillez (Renascença), André Monteiro (U Minho)
(Auditório)
18:00 – Criação de Paisagens e Figuras Fantásticas
Pedro De Kastro, Tiago da Silva, Raúl Tavares
(Auditório)
18:30 – Masterclass “Polygon MasterWorks: Impressão de Mechs em resina”
Por João Campos Costa
(Sala Juvenil)
18:45 – Lançamento “As Sombras de Lázaro” (Prémio António de Macedo 2018)
Por Pedro Cipriano, Pedro Lucas Martins
(Auditório)
19:15 – Lançamento “Apocryphus – Sci Fi”
Com Miguel Jorge, entre outros
(Auditório)
19:45 – Sessão de Autógrafos
20:30 – Jantar “Velhos do Califa”

 

Domingo, 13 Outubro

10:30 – Sessão de Curtas-Metragens (2)
A Tua Vez (de Cláudio Jordão e David Rebordão, Produção Kotoko Studios),
Don’t feed these animals (de Guilherme Afonso e Miguel Madaíl de Freitas, Produção Nebula Studios),
Porque este é o meu ofício (de Paulo Monteiro, Produção Animanostra)
(Auditório)
10:30 – Workshop “Oficina das Máscaras”
Por Curious Goblin / Telmo Mendes Leal
(Sala Juvenil)
10:30 – Jogos Narrativos
Com Carlos Martins e André Tavares
(Fonoteca)
11:15 – Imaginação sem Idade
Com Pia Mastrangelo, Ana Luz, Clara Cunha
(Auditório)
11:15 – Jogo Literário
Por Especulatório
(Piso 1 da BOR)
12:00 – Unwritten Stories
Com Ian Watson
(Auditório)
12:00 – Workshop “O que é um Cuquedo?”
Por Clara Cunha
(Sala Infantil)
14:30 – Conversa com Bruno Martins Soares: A Escuridão e o Futuro
(Auditório)
15:00 – Cozinha de Tolkien
Inês Cardoso Anacleto
(Fonoteca)
15:00 – Painel Escolhas do Ano
Com João Barreiros, Artur Coelho, Rogério Ribeiro, Cristina Alves
(Auditório)
15:30 – Workshop “As Criaturas da tua Imaginação”
Por Inês Garcia e Tiago Cruz
(Sala Juvenil)
15:45 – Painel Edições Alternativas
Com Gazervici, Henrique Gandum, Pedro Cipriano, entre outros
(Fonoteca)
16:00 – Painel VideoJogos
Com Ricardo Correia, João Campos, Ricardo Cesteiro e António Sousa Lara
(Auditório)
16:30 – Música e Horror
José Pedro Lopes, Emanuel Grácio
(Fonoteca)
16:30 – Workshop “Desenhar Super-Heróis”
Por Bruno Matos
(Sala Juvenil)
16:45 – Painel Séries de TV
Com Rogério Ribeiro, Tomás Agostinho
(Auditório)
17:15 – Música para Jogos
Com Paula Gomes Ribeiro, Jorge Martins Rosa, Júlia Durand, Joana Freitas, André Malhado
(Fonoteca)
17:15 – Sessão de autógrafos
17:45 – Outras Histórias
Com Onofre dos Santos, Luís Corredoura, Rogério Ribeiro
(Auditório)
18:15 – Entrega dos Prémios Adamastor, Prémio António de Macedo, Prémio Ataegina
Organização Fórum Fantástico / Ed. Divergência / Imaginauta
(Auditório)
18:45 – Especial Sidekicks
Com Filipe Homem Fonseca e Gonçalo Freitas
(Auditório)

 

Exposições:

Os Filhos do Rato; de Fábio Veras e Luís Zhang

Apoio: ComicHeart.

Espaço de Exposições da BOR, Piso 0

 

Feira do Fantástico:

Espaços de vários parceiros e convidados do Fórum Fantástico: Feira do Livro por Dr Kartoon, Leitúria, Bookshop Bivar, Legendary Books, Apocryphus, Divergência / Convergência, Imaginauta, Zone Komics, Ditirambos. Zona de restauração.

Parceria: SpamFlix

 

Animações (Sábado e Domingo):

Silver Blade Academy:
Sabacc (poker espacial), sessões de Edge of the Empire (tabletop RPG de Star Wars), banca de tiro e demonstrações de coreografias

Zone Komics:
Nuno Dias a desenhar ao vivo na banca da ZK

Especulatório:
Organização de Jogo Literário, Workshop de Criação de Personagens e Demonstração de Jogos

 

O FF2019 é organizado pela Épica, com o apoio da Junta de Freguesia do Lumiar e da BLX – Bibliotecas Municipais de Lisboa. Programadores: Rogério Ribeiro e João Morales. Cartaz de Luís Melo.

 

Estão abertas as nomeações para os Prémios Adamastor 2019

A partir de hoje, e até ao fim do mês de Junho, estão abertas as nomeações para os Prémios Adamastor 2019.

O regulamento está no post anterior, e o formulário para nomeação pode ser acedido no final desta página.

Colocamos de seguida uma lista de obras nomeáveis. A mesma pode não ser ainda exaustiva, por isso agradecemos que qualquer outra obra que esteja dentro dos critérios de elegibilidade nos seja indicada, aqui ou no facebook do Fórum Fantástico.

 

Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa
A Batalha da Escuridão – Bruno Martins Soares
A Espada que Sangra – Nuno Ferreira
A Terra de Naumãn – HG Cancela
Ecologia – Joana Bértholo
Lisboa Oculta – vários
O Godungava – Joel Puga
O Resto é Paisagem – João Ventura
Quem chama pelo Senhor Ventura – Rita Garcia Fernandes
Seis Drones – António Ladeira
Steampunk Internacional – vários
Winepunk – vários
Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto
A Caveira de Deus – Nuno Ferreira (Barbante)
A Capela – Manuel Amaro Mendonça (Bang! 25)
A Companhia Zero – Joel Puga (Winepunk)
A ira da Ferreirinha – Carlos Silva (Winepunk)
A maldição da casa da colina – Daniela Maciel (O resto é paisagem)
A Solidão é um Deus Negro – Ricardo Correia  (Winepunk)
A torre do corvo – Miguel Ribeiro Pedras (Bang! 26)
A última missa – Raquel da Cal (O resto é paisagem)
As últimas palavras do inspector Mem Rebocho – André Barbosa (Bang! 26)
Anátema – Pedro Galvão (O resto é paisagem)
Chegou ao seu destino – Rui Ramos (O resto é paisagem)
Coração de Pedra – Diana Pinguicha  (Steampunk Internacional)
Fragmentos do Dicionário Iustrado da Monarquia do Norte – AMP Rodriguez (Winepunk)
Holestern: A Herança – Joel Puga (As Viagens do Feiticeiro 0)
In vino veritas – João Ventura  (Winepunk)
Já não se pode ter um bixo – Carlos Esquergueiro (O resto é paisagem)
Lobos à Porta – João Barreiros (Fluir 2)
Nunca mais! – João Barreiros (Winepunk)
O espirito do vento – Lívia Borges (O resto é paisagem)
O Farol Intergaláctico – João Pedro Oliveira (Barbante)
O Jogo – Carmo Cardoso e José Machado (Barbante)
O poço – Simões Cortês (O resto é paisagem)
O prego no portão – João Ventura (O resto é paisagem)
Rogos e Mitos – Inês Montenegro (O resto é paisagem)
Terra Nova – Joel Puga (As Viagens do Feiticeiro 0)
Uma conspiração perigosa – João Rogaciano  (Winepunk)
Videri Quam Esse – Anton Stark (Steampunk Internacional)
Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada
Andromeda – Zé Burnay
A morte viva – Alberto Varanda
A Viagem da Virgem – vários
Apocryphus: Femme Power – vários
Apontamento de Terror – Pepedelrey
Ascensão – MAF
Ermal – Miguel Santos
Ermal Terra e Sangue – Miguel Santos
Futuro proibido – Pepedelrey
Futuroscópio – Miguel Montenegro
Lusitano 1-7 – Bruno Matos
O elixir da eterna juventude – Fernando Dordio e Osvaldo Medina
O Outro Lado de Z – Nuno Duarte e Mosi
Os Filhos do Rato – Luis Zhang e Fábio Veras
Os segredos de Loulé – João Miguel Lameiras, João Ramalho-Santos e André Caetano
Quinto Império – João Vasconcelos
Star Legacy – João Monteiro
Tangerina – Rita Alfaiate
Watchers – Luís Louro
Zahna – Joana Afonso
Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira
A fome – Alma Katsu
A Queda de Gondolin – J. R. R. Tolkien
A viagem do assassino – Robin Hobb
Amatka – Karin Tidbeck
Artemis – Andy Weir
As Forças Estranhas – Leopoldo Lugones
Baptismo de Fogo – Andrzej Sapkowski
Capustan – Steve Erikson
Companhia Silenciosa – Laura Purcell
Coração Negro – Naomi Novik
Filhos de Sangue e Osso – Tomi Adeyemi
Kentukis – Samanta Schweblin
Krabat: O Moinho do Feiticeiro – Otfried Preussler
O corpo dela e outras partes – Carmen Maria Machado
O Destino do Assassino – Robin Hobb
O Feitiço da Lua Azul – Joanne Harris
O Garfo, a Bruxa e o Dragão – Christopher Paolini
O Mel do Leão – David Grossman
O Periférico – William Gibson
O Rio do Sonho, O testamento de Loki – Joanne Harris
Os Mil e Um Fantasmas – Alexandre Dumas
Quinta Estação, Terra Fraturada – N. K. Jemisin
Recordações Fantásticas e Três Histórias Singulares – Maurice Sandoz
Sangue e Fogo – George RR Martin
Seafire – Natalie C. Parker
Seca – Neal Sushterman
Tempestade de Guerra – Victoria Aveyard
Terra de Lobos – Tünde Farrand
Uma Planície sombria – Philip Reeve
Vox – Christina Dalcher

 

 

Regulamento dos Prémios Adamastor 2019

Prémios Adamastor do Fantástico

Os Prémios Adamastor do Fantástico são organizados pelo Colectivo Trëma, pretendendo evidenciar anualmente a produção nacional no género Fantástico, em vários formatos. O processo de nomeação é aberto a todos os interessados, e a votação final e atribuição dos Prémios será feita durante o evento Fórum Fantástico.

 

Os Prémios Adamastor do Fantástico são organizados com as seguintes categorias:

 

– Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa;

 

– Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira;

 

– Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto;

 

– Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada;

 

– Distinção Personalidade Fantástica.

 

 

– Os Prémios Adamastor são atribuídos por nomeação e voto universal. Constitui excepção a distinção atribuída de Personalidade Fantástica, da responsabilidade da própria organização dos Prémios.

 

– A componente nacional dos prémios pretende distinguir obras originais em português, publicadas em Portugal, de criadores de nacionalidade portuguesa, ou estrangeiros a residir em Portugal. No caso de obras literárias em prosa de autores de nacionalidades diversas, é considerada a nacionalidade dos diferentes autores. No caso de obras de banda desenhada, é considerada a nacionalidade do(s) argumentista(s) e/ou desenhadore(s). No caso de obras digitais, publicadas em plataformas internacionais, é considerada a nacionalidade do(s) autor(es).

 

– As obras a considerar em cada categoria serão alvo de nomeação pública, através de um formulário online (para a edição 2019: https://forms.gle/fHMi7e9tAXTvBwV8A). Cada votante poderá nomear seis (6) obras em cada categoria, tendo que indicar um endereço de email válido, apenas para efeitos de controlo de votação (o que pressupõe apenas um formulário preenchido por pessoa). Os endereços fornecidos serão utilizados apenas para comunicações relacionadas com os Prémios Adamastor, e não serão fornecidos a entidades terceiras. A lista de endereços será destruída após a entrega dos Prémios.

 

– À organização caberá a tarefa de verificar a elegibilidade de cada obra mencionada, e a produção da lista final de nomeados (os seis mais mencionados por categoria), a anunciar até ao final do mês de Junho de 2019.

 

– A elegibilidade das obras será determinada pela data de publicação e o intervalo posterior de um (1) ano (de Setembro do ano anterior à premiação a Maio do ano referente ao Prémio) ou dois (2) anos, contados de forma correspondente. As categorias de Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa e Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada, terão uma elegibilidade de dois (2) anos, tendo em conta o carácter esporádico das publicações nacionais nesta área. O Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira e o Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto têm um período de elegibilidade de um ano.

 

– As categorias com a denominação “Literatura” correspondem às obras literárias de formato longo, o que inclui romances (obras literárias com mais de 30.000 palavras), romances em mosaico e colectâneas ou antologias que possam ser reconhecidas como um volume coeso, com uma narrativa comum ao longo da sua extensão. Cabe à organização a decisão final quanto aos casos de elegibilidade dúbia para estas categorias. O Prémio de Banda Desenhada destina-se também a obras em formato longo, sendo considerados álbuns ou conjuntos de publicações realizadas no mesmo ano e que correspondam a uma série completa.

 

– Por “Ficção em Conto” entende-se uma obra literária com menos de 30.000 palavras (incluindo o que tradicionalmente é enquadrado tanto no conto, como na novela e noveleta).

 

– No caso especifico de antologias que sejam elegíveis como obras de formato longo, esse facto não impede que os contos seus constituintes sejam elegíveis para a categoria de formato de conto (no período correspondente à elegibilidade da categoria para contos).

 

– Por “Ficção Estrangeira” entende-se todas as obras de autores estrangeiros, não elegíveis na categoria nacional, publicados em Portugal, independentemente de terem necessitado ou não de tradução/adaptação para português.

 

– A distinção Personalidade Fantástica será da responsabilidade da organização dos Prémios Adamastor. A escolha deverá ser devidamente fundamentada, aquando do seu anúncio. Pretende distinguir individualidades que pelo seu percurso se tenham distinguido como particularmente dinâmicas na criação e/ou promoção do género fantástico.

 

– Para os Prémios, serão elegíveis obras publicadas por editoras tradicionais e edições de autor, em formato papel ou electrónico. Não serão elegíveis obras de editoras que derivem os seus lucros directamente do autor (vulgo “vanity presses”) sem uma correspondente prestação de apoio editorial. As obras produzidas por colectivos de autores serão consideradas como edições de autor. Aqui prevalecerá o entendimento da organização dos Prémios.

 

– No processo de votação final, em urna, durante o Fórum Fantástico, podem ser indicadas até 3 obras por cada votante, por ordem de pontuação (1, 3 e 5 pontos). Em caso de empate pontual, será vencedora a que tiver obtido maior número de indicações para 5 pontos.

 

– A organização deverá pugnar por divulgar os possíveis nomeados, abrindo pelo menos um fórum de discussão para o efeito nas redes sociais.

 

– Até que a organização possa assegurar uma premiação de carácter financeiro, esta tomará a forma de um troféu e diploma. Fica igualmente autorizada a associação da premiação à obra com fins publicitários, desde que tal publicidade seja restrita ao espírito da premiação.
– O Colectivo Trëma reserva-se o direito de introduzir alterações no presente regulamento, entre edições, nomeadamente na criação ou eliminação de categorias.

Conhecidos os Nomeados para os Prémios Adamastor 2018

Foram hoje conhecidas as obras nomeadas pelo público leitor para as várias categorias dos Prémios Adamastor do Fantástico 2018.
Assim, são estas as nomeações que agora serão alvo de votação presencial durante todo o dia de sábado e domingo de manhã, por todos os interessados que se desloquem ao evento. As nomeações são indicadas por ordem alfabética.

 

Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa

Anjos, de Carlos Silva
Dormir com Lisboa, de Fausta Cardoso Pereira
Espada que Sangra, de Nuno Ferreira
Lovesenda, de António de Macedo
As Nuvens de Hamburgo, de Pedro Cipriano
Proxy, de vários

 

Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira

Coração Negro, de Naomi Novik
Fome, de Alma Katsu
Livro do Pó, de Philip Pullman
Lovestar, de Andri Snaer Magnason
Normal, de Warren Ellis
O que se vê da última fila, de Neil Gaiman
Quem Teme a Morte, de Nnedi Okorafor
Reino do Amanhã, de J.G. Ballard
Revelação do Bobo, de Robin Hobb
Semente de Bruxa, de Margaret Atwood

 

Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto

Aranha, de Pedro Cipriano
Bastet, de Mário Seabra Coelho
Coração de Pedra, de Diana Pinguicha
Crazy Equoides, de João Barreiros
Modelação ascendente, de Júlia Durand
Videri Quam Esse, de Anton Stark

 

Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada

Cemitério dos Sonhos, de Miguel Peres
Dragomante, de Manuel Morgado e Filipe Faria
Free Lance, de Diogo Carvalho
Futuro Proibido, de Pepedelrey
Hanuram, de Ricardo Venâncio
Lugar Maldito, de André Oliveira e João Sequeira
SINtra, de Inês Garcia e Tiago Cruz

 

A todos os nomeados, os nossos parabéns!

Domingo, às 18:10, serão conhecidos os vencedores.